11 de novembro de 2011

Chegou!

Fez ontem uma semana que chegou o Miguel. Com 38 semanas e 1 dia de gestação, este matulão resolveu ceder à primeira tentativa da obstetra para o fazer nascer. Em poucas horas deu o ar da sua graça, num parto relâmpago e facílimo em que ele fez o trabalho todo, com uma pequena ajuda da equipe médica (basicamente, tiveram de o apanhar!). Eu limitei-me a assistir ao parto...

Os dados estatísticos: 3.590 gr, 52 cm, um rapagão cheio de força e vitalidade que esteve a chorar durante uma meia hora desde que nasceu e depois calou-se para protagonizar um início de vida calmo, silencioso e com muitas horas de sono. De resto, mama muito bem, parece estar a crescer como deve ser e já aprendeu que nas poucas vezes em que chora aparece um dos irmãos ou um dos pais para o mimar.

A propósito de irmãos, estão os dois felicíssimos... o mais velho assumiu totalmente o seu papel de mais responsável e conhecedor, embora (graças a Deus) mantenha todas as outras características de uma criança de 6 anos: "Ok, eu espero que tu acabes de dar de mamar mas vê lá se te despachas que eu quero uma bolacha já!" - ou seja, não espero nada... - O mais novo (agora do meio) então, anda apaixonado. Só diz: "Ó mãe, ele é tão fofinho, não é?", "Ó mãe, ele é tão quido...", "Ele é tão bom..." E quer dar beijinhos e colo e festinhas e pôr a chucha e pôr musica, etc, etc...


Aqui está ele na sua estreia num sling Maria Café... estava a precisar de colinho e eu tinha coisas para fazer. Vai daí meti-o no sling e ele acalmou, enroscou-se e adormeceu. Isso enquanto eu ia, com calma, fazendo o que tinha a fazer. Já não me lembrava da sensação de ter um recém nascido no sling, é delicioso... os barulhinhos que fazem, a cara refastelada de quem tem o que precisa, a sensação de peso leve que não cansa as costas nem os braços... maravilhoso!

0 comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...