27 de abril de 2012

Socorro! Sou mãe...

Quantas de nós, mães, não demos já por nós com vontade de dar um grito de SOCORRO! perante algumas situações que este nosso estatuto (de mãe) nos coloca? Não me interpretem mal, ser mãe é maravilhoso. Sou-o vezes três e amo cada um dos meus filhos de uma forma tão intensa que às vezes parece que me vai saltar o coração de dentro do peito.

Todo o processo pelo qual uma mulher passa até se tornar Mãe - desde o sonho de menina até ao momento do parto, passando pelos planos (ou não...) do casal, pelo teste positivo, os enjôos, as ecografias e os primeiros pontapés durante a gravidez - está envolto numa bruma de mistério, magia e beleza edílica. Desde pequeninas sonhamos com o dia em que vamos pegar no nosso bebé pela primeira vez, e vamos treinando com as bonecas esse momento e os momentos seguintes da maternidade, imaginando-os mágicos, maravilhosos. E são-no, de facto! O segundo em que o bebé sai de dentro de nós, a primeira vez que os nossos olhos se cruzam com os dele, são de facto momentos únicos (com alguma dôr, por vezes) que nos ficam na memória para sempre. A partir desse momento deixámos de ser a Inês, a Maria, a Francisca, etc, e passámos a ser a Mãe de alguém. E durante dois dias estamos ali, na maternidade, totalmente concentradas neste nosso novo estatuto e neste pequeno ser, a conhecer cada pormenor do seu rosto e do seu corpo, a satisfazer cada uma das suas necessidades como só nós podemos fazer.



Depois chegamos a casa. Pela primeira vez entramos no nosso lar como mãe orgulhosa de um bebé que é tudo para nós. E, de repente, estamos sozinhas, sem médicos e enfermeiras à distância de uma campainha para nos explicarem porque é que o bebé chora, para nos ajudarem com as dúvidas que nos surgem a cada momento, com a subida de leite, para nos dizerem o que é e o que não é normal. Sozinhas com um bebé totalmente indefeso e que precisa de nós para tudo: para se alimentar, para se confortar, para se manter limpo... para se manter vivo! E isso é ASSUSTADOR! Tão assustador que me lembro, nos primeiros meses do meu filho mais velho, de chorar simplesmente porque tinha medo que lhe acontecesse alguma coisa de mal. E é nessa altura que nos dá vontade de gritar: "Socorro! Sou mãe...!"

As primeiras semanas de vida do bebé são um misto de alegria e preocupação, de esperança e desalento, de certezas e incertezas e de sentimentos completamente contraditórios que nos deixam literalmente de rastos. Nunca estamos verdadeiramente preparadas para o primeiro mês do nosso bebé... nem mesmo na terceira viagem (falo por mim)! Parece que o mundo nos vai cair em cima, que nunca mais vamos conseguir tomar banho ou dormir mais de 2 hora seguidas ou ter vida social...

No seu livro "Socorro! Sou mãe..." a Rita Ferro Alvim desmistifica esse primeiro mês, explica que os sentimentos contraditórios são normais, que tudo isso passa ao fim de algum tempo e dá dicas preciosas para a nossa sobrevivência como mães recentes. Temas como a amamentação, as cólicas, as rotinas do bebé, etc, são abordados de uma forma clara, com uma leveza e humor que nos dão a autoconfiança essencial para tomar as decisões certas. Uma das coisas que retive da leitura deste livro (no primeiro mês do meu terceiro filho) foi que devemos confiar no nosso instinto. Porque vamos ouvir opiniões, conselhos e remédios milagrosos vindos de todo o lado. Frequentemente contraditórios, às vezes disparatados. Muitas vezes baseados em sabedoria popular, nas coisas que as nossas avós faziam e que se calhar até resultavam, como usar um pézinho de salsa com azeite quente para estimular o bebé a soltar gazes, para resolver o problema das cólicas (obrigada, Avó São!). Que jeito me teria dado ter lido este livro há 7 anos atrás, quando cheguei a casa com o primeiro...



Como gosto de partilhar aquilo que me ajudou com as outras mães que por aí andam, a Maria Café está a oferecer um exemplar do Socorro! Sou mãe... veja aqui como participar, faça "like" aqui e participe aqui. É até dia 6, o nosso grande Dia!



0 comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...