27 de maio de 2013

Um fim de semana em cheio

Depois de uma semana a meio gás, com o mais novo 3 dias em casa doente, o fim de semana teve animação para vários meses...

No sábado tive um almoço de família na casa que era dos meus avós maternos (e que foi dos meus bisavós...). Os meus pais viviam lá quando me tiveram, por isso foi praticamente a casa onde nasci. Em miúdos íamos várias vezes para Pé-de-Cão passar o Natal, a Páscoa, as férias de Verão, etc., e sempre adorámos aquela aldeia e as temporadas que lá passávamos. A casa ainda está na família, foi comprada por uma das irmãs da minha mãe que resolveu juntar alguns familiares do lado da minha avó. Fui só com os dois mais velhos, o pequenino ainda estava cheio de tosse e ficou em casa com o pai. E foi muito giro passear com eles no jardim enorme da casa, mostrar-lhes onde e como é que eu brincava no meio daquela vegetação toda, nas escadas de pedras, passeios nos socalcos, canaviais enormes, mesas e bancos de pedra feitos por algum antepassado e que figuravam na minha memória como muito maiores do que são na realidade.

 Esta é a escadaria central do jardim, é enorme e os degraus são pedras cravadas na terra. Dei muitos tombos nestas escadas!

O arbusto por cima deste banco era maior e mais denso, e aqui era a "casinha".

Onde eles estão sentados existia uma espécie de aquário, que a certa altura era a nossa "piscina". 
Ainda sabia de cor o verso dos azulejos.

As escadas de acesso ao jardim.

 Noutro jardim, mais pequeno. Temos uma fotografia comigo, os meus irmãos e a minha avó sentados nestas escadas, provavelmente tirada num dos verões em que lá ficámos.

No domingo foi a festa de anos do Zé e, por umas horas, o meu nome foi "Mãe do Zé". De repente, cerca de 20 miúdos da escola (aos quais se juntaram mais uns tantos filhos de amigos e primos) andaram a correr e a brincar de um lado para o outro e a chamar-me para pedir água, sumo, ice tea, pipocas, bolo, croquetes, batatas fritas, mais bolo, mais água, um balão, outro balão porque aquele rebentou... ainda bem que alugámos um espaço para a festa, porque cá em casa teria sido um desastre! Mas foi muito divertido, o Zé adorou, os miúdos também me pareceu que gostaram e mais uma vez se provou que as crianças não precisam de muito para se entreter: basta dar-lhes um bom espaço exterior, comida que eles gostem e liberdade. Não houve pinturas faciais, nem mágicos, nem insufláveis, foi mesmo só duas bolas de futebol, um disco voador e espaço, muito espaço!

O tema da festa eram as Tartarugas Ninja (é a febre do momento cá em casa), e o bolo ficou a cargo da Sara, do blog Amora e Framboesa. Ficou lindo, muito acima de qualquer expectativa! É mesmo uma artista! Vejam o pormenor da tampa prateada, toda desenhada, com parafusos... Ainda por cima, para além de giro, o bolo (de chocolate) estava delicioso!





Entretanto, também no Domingo a página de facebook da Maria Café passou os 30.000 likes. No meio da azáfama não consegui assinalar a ocasião como deve ser, mas tinha preparado uma t-shirt comemorativa que só hoje é que consegui fotografar:


No final de Julho do ano passado cheguei aos 10.000. Passados 10 meses o número de fãs triplicou, é impressionante... nunca pensei chegar a tanta gente, ter tantas pessoas a querer seguir os meus trabalhos e comprar as peças que eu faço. É fantástico, e cada dia que passa sinto-me mais feliz e sortuda por fazer o que gosto e ter quem goste do que faço!

Mais logo publico um passatempo para comemorar os 30k. Agora vou aos correios e iniciar o segundo turno do meu dia: buscar crianças!



0 comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...