13 de setembro de 2013

Eu e a minha Bimby I - primeiros passos para melhorar uma relação

Não se animem, que este post é só sobre a minha relação com a minha Bimby, ok? Uma relação já com mais de 5 anos que tem tido alguns altos e baixos. Ao início houve algum esforço da minha parte para manter a chama acesa, mas aos poucos a coisa foi arrefecendo.

É que, parecendo que não, dá algum trabalho: diz que faz a sopa sozinha, o bacalhau com natas e a lasanha, mas, verdade verdadinha, não vale a pena enfiar com os legumes inteiros e com casca lá para dentro que o caldo verde não vai acontecer por magia. Nop! Não experimentei, mas duvido que aconteça. É preciso estar lá alguém a descascar e cortar legumes (que é a parte mais chata de fazer a sopa), a juntar a batata palha com o bacalhau e o bechamel no tabuleiro e pôr no forno e a fazer as camadinhas de carne, massa, carne, massa, carne, massa, bechamel, queijo ralado e, mais uma vez, pôr no forno. E esse alguém sou eu, que comecei a pensar: olha, se é para isso, meto os legumes na panela com água depois de os descascar e faço a sopa à moda antiga.

E depois entrámos numa certa monotonia: um dia era strogonoff, no dia a seguir bacalhau com natas, depois uns bifinhos marroquinos ou umas almôndegas, uma lasanha em dias de festa e voltávamos ao strogonoff. Tinha poucos livros, as receitas na internet eram muito amadoras, ainda tentei algumas mas a aceitação não foi fantástica.

Com o passar do tempo, dei por mim a usar cada vez menos a máquina-maravilha: fazia arroz, sopa de vez em quando e uma ou outra sobremesa. E, como diz uma grande amiga minha, "faz peninha", certo?

Vai daí deu-me esta febre da rentrée e tivemos uma conversa, eu mais a minha Bimby. E vim pesquisar na Internet, porque aqui há tempos tinha visto isto e tinha achado, sim senhora, uma boa ideia, que havia de dar jeito. E comecei a escolher as receitas favoritas que gostava de experimentar, a brincar aos menus semanais (segunda faço isto, terça faço aquilo...), a alternar peixe e carne, coisas leves durante a semana e pratos mais elaborados ao fim de semana. A seguir mandei fazer a lista de compras com base nas receitas escolhidas, fiz uma encomenda online e tá feito: tenho o frigorífico, o congelador e a despensa cheios com material para duas semanas de Bimby e já comecei o test-drive.

Parte positiva: durante 2 semanas não tenho de pensar "O que é que vou fazer hoje para o jantar?", não tenho de me preocupar se tenho ingredientes ou não, é chegar a casa e pôr a Bimby a trabalhar. Não sigo o menu à risca, se hoje me dá mais jeito ou me apetece fazer o jantar previsto para amanhã, troca-se. Tudo bem! Haja algum espaço para a espontaneidade...

Primeiros truques:
- Encomendei vegetais para sopas para as duas semanas. Em vez de os deixar estragar, descasquei logo tudo e parti em pedaços e congelei em sacos herméticos. Agora é ir usando à medida que for precisando. Assim a sopa é realmente fácil de fazer...

- Ervas aromáticas: coentros, salsa, hortelã, mangericão - mandei vir frescos, piquei-os na bimby com um pouco de água e congelei em cuvetes de gelo. Depois de congelados, tirei os cubos e pus em sacos de congelação (identificados, claro). Agora uso à medida que for precisando.

Cubos de coentros, prontinhos a usar.

Já fiz dois jantares, com sopa e prato, ambos de peixe e ambos ao vapor. O primeiro foi robalo com alecrim. Exagerei no alecrim, mas de 0 a 5 levou um 3. Not bad!!! Ontem fiz tranches de pescada com alho francês e ao mesmo tempo sopa de agrião. Nota 4, nice! Também experimentei fazer as gomas e os miúdos (e graúdos) adoraram.

As gomas que fizeram as delícias dos miúdos

Prometo que não me vou tornar uma bimbólica, não vou transformar isto num blog sobre a bimby, nem vou largar as costuras para me dedicar à pastelaria (estava tramada...). Mas vou partilhando convosco as minhas aventuras, como incentivo para continuar, ok? E vamos partilhando receitas, daquelas boas e fáceis!




4 comentários:

rita disse...

eu faço mt isso da sopa+peixe ao vapor. às vezes ainda encaixo uns legumes no meio :) Um truque para ter menos trabalho a limpar: forro sempre a varoma com papel de alumínio, assim não fica a sopa a saber a peixe nem ficam lá coisas agarradas. mas mesmo assim, confesso que o grande uso da bimby lá em casa é mesmo a sopa. isso faz quase todos os dias ;)

Raquel Vieira disse...

Eu faço TUDO na Bimby!! Invento imenso! E vai ver que depois de começar a trabalhar a sério com a bicha vai fazer imensa coisa tb!!

filipa claro disse...

Olá Inês tudo bem? A Bimby não é nenhum bicho de sete cabeças, é apenas uma questão de hábito, disciplina e organização.O facto de teres organizado menus semanais e as respectivas listas de compras... 5 estrelas... é meio caminho andado para o sucesso da tua rentrée. Mas para completares a outra metade deste percurso e optimizares o teu desempenho com a Bimby sugiro-te mais 5 passos:

Passo 1 - Criares o teu registo no mundo de receitas Bimby (embora me tenha parecido que já o fazes). A sua correcta utilização é importantíssimo.

http://www.mundodereceitasbimby.com.pt/

Passo 2 - Tornares-te fã das páginas de facebook Bimby Portugal e Mixie Portugal, pois o entusiasmo de outros pode ser contagiante para nós. E além de teres acesso a sugestões por parte da empresa e poder participar em concursos

Passo 3 - Ires à página da Bimby e subscreveres a E-letter para teres acesso em a todas as novidades Bimby.

http://bimby.vorwerk.pt/pt/home/

Passo 3 - Adquirires a revista Momentos de Partilha que todos os meses está em banca e que trás inúmeras e sugestões para o mês. Para quem não tem muitos livros é uma excelente forma de ter acesso a novas receitas.

Passo 4 - Seria óptimo assistires a uma Aula de Cozinha Bimby numa das delegações pões ela ajuda imenso, pois tens a oportunidade de aprenderes novas receitas e provares. Além de que é óptimo para levantar aquele ânimo que ao inicio tinhas e depois perdeste. Vais ver que no fim vais vir cheia de vontade para casa vires fazer imensas coisas.

Passo 5 - O novo livro, Bimby truques e dicas, neste momento é uma óptima ferramenta para ficares a par de todas as formas de tornares as tuas receitas, em receitas de Sucesso !!!

Bjinhos e Boa "rentrée" !!!

Inês Duarte disse...

Olá Filipa,
Obrigada por todas as palavras de ânimo e de ajuda! Os passos 1, 2, 3 e 4 já fiz. Uns tempos depois de comprar a Bimby assisti à aula de cozinha e gostei imenso.
O que me esmoreceu o entusiasmo foi mesmo a falta de receitas que me apetecesse fazer. Há muitas receitas no livro base que não se aplicam ao dia-a-dia, e as que se aplicam acabavam por cansar. E os outros livros são caros... quando deviam ser oferta precisamente para incentivar o uso da bimby e o passa-palavra. Agora com o Mundo de Receitas já é mais simples aceder a receitas e organizar-me.
Vou então inscrever-me na e-letter. Quanto ao novo livro, logo se vê... também não tenho assim tantas receitas próprias.
Obrigada pelas dicas! Eu vou dando notícias dos desenvolvimentos desta relação :-).
Bjs!

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...